Blog do Cyrillo

Partido Verde. Fátima Bezerra tem plano para salvar sua bancada na AL

Fátima vai acomodar seus deputados de mandato no Partido Verde, comandado por Milklei Leite no RN.
Foto: reunião recente na governadoria com as presenças dos dirigentes Maurício Gurgel e Edson Ferrari


O partido Verde é a grande "árvore" que a governadora tem na manga. 

Para fugir do chapão da assembleia, deputados da base de Fátima Bezerra deverão embarcar na nominata do PV.

George Soares, Hermano Morais, Vivaldo Costa, Ubaldo e até Eudiane, podem formar chapa na sombra dos verdes.

Raimundo Fernandes e Dr. Bernardo, também parecem estar debaixo das asas da governadora. Se cantarem o hino dos "encarnados" direitinho, bem decorado e cantando com afinação, podem embarcar nessa nau rumo à reeleição. 

A decisão está a cargo de Milklei Leite, vereador da capital e dirigente máximo da legenda potiguar.

Maurício Gurgel, ex-vereador e dirigente estadual do PV é quem está comandando as articulações com a governadora.

Soube que só quem não tem a simpatia dos verdes são os deputados natalenses  Eudiane Macedo e Ubaldo Fernandes . 

Em tempo: se Fátima não convencer os dirigentes ecológicos, a deputada da Zona Norte vai para o suicídio eleitoral no chapão da assembleia, que deverá juntar, na mesma legenda, entre 13 e 17 deputados de mandato. 

Em tempo 2: Fátima tem, por pura sorte, essa carta na manga. Ela pode causar um grande estrago e desarticular a chapa gigante de opositores que está se organizando para bater forte nela. É o famigerado contra-ataque da petista.

Em tempo 3: o PV se tornou o fiel da balança no jogo bruto das eleições para o governo desse ano. 

Em tempo 4: anotem a conjuntura atual das chapas - dos que tem mandato - que se formariam se o prazo se encerrasse hoje: 
CHAPÃO DE EZEQUIEL: Eudiane, Dr. Bernardo, Galeno, George Soares, Getúlio, Gustavo, Hermano, José Dias, Kleber Rodrigues, Nelter, Raimundo, Tomba, Ubaldo, Vivaldo, Albert, Coronel Azevedo e o próprio Ezequiel (ou um candidato indicado por ele);
SOLIDARIEDADE: Cristiane de Fábio Dantas e Eliabe;
PT: Francisco e Isolda;
PSD: Jacó Jácome;
NÃO DISPUTARÃO: Kelps (deputado federal) e Souza Neto (desistiu de disputar).

Em tempo 5: anotem o estrago que Fátima deverá fazer na chapa de Ezequiel:
PARTIDO VERDE: George Soares, Hermano, Vivaldo, Eudiane, Ubaldo, Raimundo, Dr. Bernardo e Kleber Rodrigues. A governadora tiraria oito deputados da chapa de  oposição e traria para o seu lado. Sem falar em Terezinha Maia, irmã de João Maia, que deverá deixar o PL e pular para a chapa de Fátima no PV. 

Em tempo 6: Eudiane precisa conquistar a simpatia dos verdes, senão vai ter que ficar no chapão e ela, segundo analistas, é a mais frágil entre todos os deputados de mandato que estariam lá.

Em tempo 7: Ubaldo Fernandes parece que será jogado aos leões. A governadora, segundo fontes ligadas ao governo, não está vendo o "galego" com bons olhos. Ele é apontado por muitos aliados de Fátima e a maioria tem pedido sua cabeça. 

Em tempo 8: os deputados com base forte em Natal terão dificuldades de serem aceitos pelo comando do PV, Fátima terá que conversar muito com Milklei, Edson Ferrari e Maurício Gurgel. 

Em tempo 9: os deputados do PL deverão deixar o partido. George Soares, Kléber Rodrigues e Ubaldo não ficarão na legenda. 

Em tempo 10: Jacó pegou o PSD e agora tem uma grande bomba relógio nas mãos. Está chamando alguns deputados para montarem juntos uma chapa que elegeria um deles. Tem recebido alguns "não", mas continua tentando. A desconfiança dos convidados é a seguinte: com Jacó no comando do PSD, todo o recurso estaria sob sua batuta. O pai (Antônio Jácome) é o candidato a federal, que é a prioridade de todos os partidos no Brasil, assim os deputados convidados para compor chapa com Jacó e disputar uma vaga com ele, temem a centralização dos recursos na campanha do pai, que pedirá votos "casados" para o filho. 

Em tempo 11: a tranquilidade somente reina no PT, Solidariedade e em algumas candidaturas gigantes, como as de: Ezequiel Ferreira, Gustavo Carvalho, José Dias, Vivaldo Costa, Dr. Bernardo Amorim, Kléber Rodrigues, Tomba Farias e Galeno Torquato. Os outros, precisam de sorte em uma chapa adequada, senão o sonho da reeleição vai virar pesadelo.  

Em tempo 12: O União Brasil tem uma boa chapa pronta. Vereadores de Natal encabeçando (Robson Carvalho, Tércio Tinoco e Chagas Catarino) e bons nomes como Ivanilson Oliveira de Baraúna, Dr. Anax e o "Global" Raimundinho Duarte,  estão na chapa do UB.

Em tempo 13: o Brasil 35, antigo Partido da Mulher Brasileira, também tem uma nominata consistente desenhada. Faltando preencher a regra de gênero, o partido deverá repetir o sucesso de 2020 e atingir o quociente partidário. Vai eleger um, certamente. A vantagem é que tem candidatura própria ao governo, a ex-vereadora de Grossos, Clorisa Linhares. Esse fator dá maior visibilidade aos candidatos a deputado. 

Em tempo 14: o MDB está, assim como o União Brasil, na fase final de formação da nominata. Adjuto Dias, filho do prefeito de Natal, Álvaro Dias é o puxador de votos. Naelson Borja e Genildo Pereira estão coordenando a formação da chapa que pretende eleger, no mínimo, dois deputados.

Em tempo 15: o ex-vereador de Natal, o radialista Aquino Neto, também tem uma chapa pronta. Ainda não anunciou em qual legenda vai sentar praça com seu exército de candidatos. Soube que o Patriotas deverá ser esse partido, está somente dependendo de detalhes na composição dos diretórios locais. Aqui, também tem uma pré-candidatura ao governo posta: é a do médico Geraldo Ferreira, dirigente sindical do SINMED - Sindicato dos Médicos do RN.

Em tempo 16: O PSOL, soube agora a pouco, está sim tentando montar sua nominata. Tanto para estadual como federal, o partido está se mexendo. Sandro Pimentel, ex-deputado estadual da legenda está capitaneando a construção das chapas. O partido  terá candidatura ao governo. Danniel Morais, seu líder maior, é o candidato. Era Morais quem fazia esse papel de coordenação, mas, agora está focado na eleição majoritária. 

Em tempo 17: O PCdoB terá chapa. O vereador Pedro Gorki deseja ser candidato e junto da titular do seu mandato, a bela new-comunista Júlia Arruda, deverá montar uma chapa na intenção de eleger ao menos um nome para a assembleia legislativa do RN. 

Em tempo 18: os partidos que não terão chapa: PSB, PL, PROS, Republicanos e PSC, para citar esses, que atualmente tem representação na AL-RN. Todas as atenções estão nas candidaturas para a Câmara Federal.

Em tempo 19: CIDADANIA e PDT não terão chapa para deputado. A prioridade dos dois "irmãos" é a eleição de Carlos Eduardo para o senado. Wober Júnior e Júlio Protásio, dirigentes do CDN, estão coordenando a campanha do ex-prefeito de Natal ao Senado Federal. Devem "morrer juntos e agarrados". 

Em tempo 20: o PTB não está se movimentando como antes. Mas, segundo seu presidente local, o suplente de deputado estadual Getúlio Batista, o partido tem nominata sim, senhor. "É lógico que temos", respondeu Getúlio ao blog. 

Em tempo 21: o AVANTE, sob o comando do vereador de Natal Raniere Barbosa, afirmou recentemente ao blog que tem chapa pronta. "Guardaremos a sete chaves os nomes. Sofremos assédio na eleição passada sob os nossos pré-candidatos e não vou errar de novo. Só depois do prazo de filiações encerrado, divulgaremos nossa nominata", disse o vereador.

Em tempo 22: o PP de Beto e Betinho Rosado, não vi movimentações na formação de chapa para a assembleia legislativa. É um partido de médio para grande da política brasileira e seria um erro fatal de Beto e seu pai. Soube que ele pediu uma vaga no União Brasil e Zé Agripino fechou as portas. Disse que quem coordena esse tema é Paulinho Freire, que já havia fechado essa questão. Nela, não cabe deputado de mandato.

Em tempo 23: o PODEMOS, que precisa de certidão negativa até da INTERPOL para se filiar, botou o senador Stivenson para correr e está engatinhando a sua nominata. Acho que não formará, mas soube que estão tentando.

Em tempo 24: o partido REDE SUSTENTABILIDADE tem uma pré-candidatura monstruosa de grande. Falei recentemente com Wesley Geleia, dirigente do partido, que me adiantou sobre a federação do REDE com o PSOL e sobre a impactante candidatura de João Gentil a deputado federal. Alô Lawrence e Major Brilhante, se cuidem.  Gentil vem com a "mulesta". Soube que já está na planilha dele mais de 75 mil votos. São 11 prefeitos, 26 ex-prefeitos, 56 vereadores e mais de 100 lideranças fechadas com ele. Tem quem pegue o ex-vereador de Mossoró e atual auxiliar, do primeiríssimo escalão do governo Fátima, João Gentil de Souza Neto. O homem da flora e da fauna vem com tudo!

As letrinhas que nos confundem a cada dois anos, vem por aí!








Cyrillo

Blogueiro político em busca de divulgar as verdades escondidas nos atos dos atores políticos.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem