Joana Neves carimba passaporte para Tóquio

Nadadora da Sadef garantiu vaga na paralimpíada

A terceira paralimpíada da carreira está garantida. Joana Neves, nadadora potiguar de 33 anos, conseguiu o índice para os Jogos na prova dos 50 metros borboleta. A atleta da Sadef nadou os 50m borboleta em 46s68. A marca estabelecida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro era de 47s21. No Mundial de Londres 2019, ela conquistou a medalha de prata nesta prova. 
Foto: Ale Cabral (CPB)


A conquista da vaga aconteceu em São Paulo, onde está sendo realizada a Fase de Treinamento Seletiva da natação, para definir a equipe brasileira que vai a Tóquio. Joaninha, como é conhecida a melhor nadadora paralímpica do Brasil na última década, ainda disputa nessa sexta os 50 metros livre, e pode garantir lugar também no revezamento brasileiro.

Joana tem acondroplasia (nanismo) e compete desde os 13 anos. Ela começou a carreira na Sadef, clube para o qual voltou no começo desse ano, depois de duas temporadas no Rio de Janeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sargento da Marinha morre afogado em praia de Maceió

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas

Por partido. Pesquisa CONSULT pra vereador de Natal.