NOTÍCIAS

Joana Neves carimba passaporte para Tóquio

Nadadora da Sadef garantiu vaga na paralimpíada

A terceira paralimpíada da carreira está garantida. Joana Neves, nadadora potiguar de 33 anos, conseguiu o índice para os Jogos na prova dos 50 metros borboleta. A atleta da Sadef nadou os 50m borboleta em 46s68. A marca estabelecida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro era de 47s21. No Mundial de Londres 2019, ela conquistou a medalha de prata nesta prova. 
Foto: Ale Cabral (CPB)


A conquista da vaga aconteceu em São Paulo, onde está sendo realizada a Fase de Treinamento Seletiva da natação, para definir a equipe brasileira que vai a Tóquio. Joaninha, como é conhecida a melhor nadadora paralímpica do Brasil na última década, ainda disputa nessa sexta os 50 metros livre, e pode garantir lugar também no revezamento brasileiro.

Joana tem acondroplasia (nanismo) e compete desde os 13 anos. Ela começou a carreira na Sadef, clube para o qual voltou no começo desse ano, depois de duas temporadas no Rio de Janeiro.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem