Blog do Cyrillo

Podcast Semanal

Nina Souza. Projeto proíbe prefeitura contratar shows musicais que tenham repertório com apologia à violência, homofobia, uso de drogas e que descriminem mulheres.

Um Projeto de Lei aprovado ontem (07), em primeira discussão na Câmara Municipal de Natal, pretende proibir a contratação de músicos que tenham conteúdo ofensivo no repertório, para shows promovidos pela Prefeitura do Natal. A proposta, de autoria da vereadora Nina (PDT), tem o objetivo de vedar o uso de recursos públicos para a contratação de artistas que, em suas canções, danças ou coreografias, desvalorizem, ofendam ou exponham mulheres a situações de constrangimento. Além disso, o PL inclui incitação à violência, homofobia e apologia ao uso de drogas como conteúdos que devem ser excluídos do setlist.


Nina Souza: "O dinheiro público deve ser usado para educar e o poder público deve dar o exemplo".

De acordo com o texto, que também é um instrumento de enfrentamento à violência, os artistas não devem ter repertório musical que promova a diminuição da dignidade humana, sob o argumento de que estão “colaborando com a promoção da igualdade social e cultural”.

“Nosso objetivo é construir um processo educativo. Não é de hoje que percebemos conteúdos pornofônicos e apelativos nas músicas. E isso não pode mais ser aceito na nossa sociedade. As famílias vão para esses shows e encontram músicas que fazem apologias negativas e nós temos que proibir isso. O dinheiro público deve ser usado para educar e o poder público deve dar exemplo”, enfatizou a vereadora Nina.






Via: ASSECOM - Nina Souza
Valéria Araújo
Cyrillo

Blogueiro político em busca de divulgar as verdades escondidas nos atos dos atores políticos.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem