Vereador de Natal ameaça renunciar

O blog falou agorinha a pouco com um vereador da capital que está definindo sua renúncia.

Segundo ele, pressões familiares e entreveros entre membros da sua equipe estão lhe fazendo tomar essa atitude.

"Pensei que um mandato fosse me trazer alegria, mas estou vivendo um dos piores momentos da minha vida. Eu quero é sossego", disse o vereador, que tem sua base eleitoral na zona norte.
O vereador que promete renunciar nos próximos dias é homem, faz parte de uma bancada, é oriundo da zona norte e está rompido com os líderes do seu atual partido. 



Segundo o próprio edil, amanhã pela manhã terá uma conversa definitiva com seu líder político, que foi um dos incentivadores da sua campanha, para definir sua renúncia. O homem está irredutível.

Em tempo: Quem pensa que mandato é motivo de sossego, paz e alegria, está enganado. Conheço vereador de segundo mandato que ainda deve compromissos de 2016.

Em tempo 2: Conheço vereador que fez até "carta de despedida", caso não ganhasse a eleição passada. Segundo assessores dele, o doido iria pular da ponte velha. 

Em tempo 3: Conheco vereador que perdeu a eleição de 2016, que penhorou a própria casa. O credor, com dó, recebe aluguel do devedor para não ter que despejar o coitado. E o tal credor também era companheiro de parlamento.

Em tempo 4: Conheço político que, para se manter no mandato, perdeu 90% de um patrimônio que valia perto de 20 milhões de reais. Tá sem mandato e sem patrimônio. 

Em tempo 5: Conselho de um vereador eleito em 2020: "Não invista patrimônio pessoal em campanhas eleitorais, chame "investidores". Divida a campanha em cotas e, em caso positivo, rateia em cargos para cada investidor. Se perder, paga em parcelas que caiba nos seus rendimentos mensais; se ganhar, triplica o investimento de quem investiu, nos 4 anos de mandato. Muito melhor que a bolsa de valores, poupança, agiotagem, etc".

Em tempo 6: Não misture seu mandato com familiares. Isso é regra número um. Não nomeie sogra, cunhada, nora, amigo de parente, etc. É o INFERNO na sua vida. Melhor pagar cursinho pra todo mundo estudar e passar em concurso. 

Em tempo 7: O meu amigo que ameaça renunciar, é um ser humano para lá de bom. É tão bom, que só faz mal a ele mesmo. 

Em tempo 8: Se eu fosse o vereador, trocava os funcionários que não estão dando conta, iria morar numa fazenda bem no meio do mato, cercada de cachorros PITBULL e não atenderia um familiar sequer durante o resto do mandato. Pense num povo que tira o sossego de politico, é o tal do parente. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sargento da Marinha morre afogado em praia de Maceió

Fuzileiro Naval é encontrado morto dentro do quartel

Faleceu Jonaldo Batista, ex-árbitro de futebol do RN