Chapão do "pesadelo" desembarca no PSDB

Posaram para foto agorinha mesmo, os vereadores Kléber Fernandes, Aroldo Alves, Dagô e Chagas Catarino. Eles confirmam as articulações das últimas semanas e oficializaram a filiação ao PSDB.

Luiz Almir também faz parte do 'projeto-pesadelo'. São cinco dos mais "pesados" vereadores que se unem para a disputa de, no máximo, quatro vagas.

Nos corredores da câmara, onde se concentra os mais tarimbados analistas eleitorais da cidade, a ordem de favoritismo, entre os especialistas é a seguinte:
1º - Super Klébão. Deve ultrapassar os 7 mil votos;
2º - Luiz Almir - 6 a 7 mil votos;
3º - Aroldo - 5 a 6 mil votos;
4º - Chagas - 4,5 a 5 mil votos;
5º - Dagô 'Me Ajude' do Forró - 4 a 4,5 mil votos.

Kléber, Aroldo, Dagô 'Me Ajude" e Chagas Catarino.
Faltou o seresteiro, radialista, apresentador de tv e dançarino Luiz Almir. A chapa mais "pesada" da história recente das eleições proporcionais. 

Se o prefeito colaborar - como não é de costume - a chapa pode realmente eleger 4 nomes.

Juntos eles devem obter algo em torno de 27 mil votos, assim já elegeriam três nomes.

Para salvar mais um, a chapa precisaria de mais ou menos 10 mil votos, totalizando 37 mil para sonhar em eleger o quarto nome dentre os cinco.

A missão e compromisso do prefeito é ajudar com nomes da própria administração para compor na chapa e possibilitar a soma ideal.

As negativas dos auxiliares de Álvaro têm sido o grande problema. 

Em tempo: Pressão dos vereadores para que ele traga os nomes para a chapa é uma constante. Genildo Pereira já não ouve mais do ouvido esquerdo. Foram centenas de gritos dos vereadores no "pé" do seu ouvido.

Em tempo 2: Secretários e importantes auxiliares de Álvaro pedem para não se sacrificarem. Se apegaram aos cargos e suas vantagens. 

Em tempo 3: Ou Álvaro trabalha com empenho e braço forte para resolver as chapas (não é só a do PSDB) ou ele causa um atrito relevante com os vereadores.

Em tempo 4: Um das duas canções deve ficar em primeiro lugar no "paredão 2020": 
1 - "Daqui não saio, daqui ninguém me tira!" ou,
2 - "Ê, ê, ê, se não der o pau vai comer"!

Em tempo 5: Álvaro, boa sorte!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEMSUR. Feiras livres voltarão a funcionar nesse final de semana

Vereador de Extremoz chama diretora de escola para "trocar balas".

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas