Blog do Cyrillo

Podcast Semanal

Sem clube, Matheus Matias é considerado uma das piores contratações da história do Corinthians

Nem o ABC, clube de origem do atleta, quer ele de volta



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Corinthians inicia nesta segunda-feira (10) a temporada de 2022 com a reapresentação de seu elenco ao CT Joaquim Grava. Nas últimas semanas, a diretoria se empenhou em resolver a situação dos atletas que não teriam espaço com o técnico Sylvinho neste ano e, após rompimentos de contratos e empréstimos a outros clubes, possui apenas mais três pendências: Danilo Avelar, Jonathan Cafú e Matheus Matias.

O trio está ciente de que não faz parte dos planos do Corinthians e procura clubes interessados para dar sequência às suas respectivas carreiras. Agora zagueiro, Danilo Avelar chegou a ficar próximo de assinar com o Cruzeiro após conversar com Alexandre Mattos, mas a chegada de Ronaldo Fenômeno e a implementação da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) na equipe celeste interromperam a negociação.

O nome de Avelar agrada a diretoria do Corinthians e não possui rejeição na comissão técnica. Contudo, o episódio de injúria racial cometido pelo jogador em junho do ano passado durante uma partida de videogame foi decisivo para a decisão de sua saída do Parque São Jorge. Recentemente, o atleta recebeu sondagem do Coritiba para a disputa da Série A em 2022.

Quem também está de malas prontas para deixar o Corinthians é o atacante Jonathan Cafú, emprestado ao Cuiabá no ano passado. O jogador tem contrato com o clube alvinegro até o fim de 2023 e escuta proposta de clubes do Oriente Médio. Há também o interesse de um time turco, cujo nome não foi revelado. A tendência é de que o atleta feche um acordo nos próximos dias.

Por fim, o caso mais complicado é o do também atacante Matheus Matias. O jogador pertence ao Corinthians desde 2018, no entanto, disputou apenas quatro partidas com o time principal, duas delas amistosas. Depois de seguidos empréstimos e passagem pelas categorias de base, o atleta chega ao seu último ano de contrato e será negociado assim que possível.

Recentemente, o próprio Matheus afirmou em entrevista que tinha um acordo encaminhado com a Ponte Preta, mas a diretoria da equipe campineira negou a informação. Tanto o Corinthians como os empresários do atacante trabalham para buscar um novo clube ao garoto, de apenas 23 anos.

*

CONFIRA A LISTA DE SAÍDAS DO CORINTHIANS

Caíque França (término de contrato)

Everaldo (emprestado ao América-MG)

Ederson (empréstimo ao Fortaleza)

Richard (negociado com o Ceará)

Janderson (emprestado ao Grêmio)

Sornoza (negociado com o Independiente Del Valle)

Matheus Jesus (emprestado à Ponte Preta)

Léo Santos (emprestado à Ponte Preta)

Igor Formiga (emprestado à Ponte Preta)

Caetano (emprestado ao Goiás)

Matheus Davó (emprestado ao São Bernardo)

André Luís (negociado com o Cuiabá)

Marquinhos (negociado com o Cuiabá)

Vitinho (emprestado ao Vasco)

Matheus Alexandre (emprestado ao Coritiba)

Thiaguinho (em negociação com o Santo André)

Rafael Bilu (em negociação com o Criciúma)

Fessin (em negociação com a Ponte Preta)

Matheus é profissional desde 2017. Passou pelos seguintes clubes: ABC, Corinthians, Ceará, Avaí, Oeste, São Bernardo, Paraná e voltou ao Corinthians.

No Corinthians, Mateuzinho jogou oito partidas pelo profissional e fez somente 02 gols.

Em tempo: Matheus é cria de um projeto social e esportivo que sou um dos mantenedores, o Fluminense das Quintas, que atua com crianças e jovens da "beira da linha", do Passo da Pátria até a Beira Rio, onde ele morava. 

Em tempo 2: Matheus tem 43 jogos como profissional e marcou, somente, 18 gols, entre amistosos e oficiais e 02 assistências. Um histórico pra lá de pífio para um atleta que despontou como a maior revelação daquele ano no futebol brasileiro.

Em tempo 3: Matheus não estava pronto. A cabeça do atleta ainda não estava pronta. Tudo subiu a cabeça. Na vida pessoal, o garoto cometeu exageros, abandonou os amigos que o levaram até o ABC, nunca fez um gesto para com os profissionais que o revelaram, nunca veio nem na pelada de fim de ano que fazemos com os atletas que revelamos. 

Em tempo 4: Deus ilumine os caminhos de Matheus e que a soberba deixe seu coração. Que ele se redima com seus amigos, professores e todos que lhe deram a mão nessa caminhada. 

Em tempo 5: que volte a ser o "orelhudo" da Beira Rio, que ponha a cabeça no lugar, ligue para Lico, Anderson, Pretinho, professor Sérgio e Jonatan e chame-os para jantar. Ao invés de pagar uma "farra" aos maus colegas, faça esse gesto com quem lhe colocou num dos maiores clubes do mundo. 

Em tempo 6: e que nesse último ano de vínculo com o Corinthians, consiga nos provar que não foi um engano. Que não é a pior contratação da história do clube paulista. É assim que a imprensa paulista trata quando o nome de Matheus é lembrado. 

Cyrillo

Blogueiro político em busca de divulgar as verdades escondidas nos atos dos atores políticos.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem