Projeto que valoriza os líderes comunitários é aprovado na Câmara de Natal

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (03), a Câmara Municipal de Natal aprovou em discussão única o Projeto de Resolução n° 04/2021, de autoria do vereador Milklei Leite (PV), que dispõe sobre a criação no âmbito do município de Natal, a comenda Porta Voz do Povo, a ser outorgada pela Casa anualmente aos líderes comunitários da capital potiguar. Cada vereador poderá indicar para receber a comenda dois líderes de sua preferência que tenham prestado serviços relevantes à sociedade.



"A iniciativa propõe evidenciar os líderes comunitários à sociedade, como dirigentes de associações de moradores e de entidades afins, bem como os cidadãos notadamente considerados importantes em suas comunidades, que, por meio de um trabalho altruísta e compromissado com seus representados, buscam constantemente a melhoria na qualidade de vida das pessoas, sempre colocando os interesses coletivos acima de seus interesses individuais", justificou o vereador Milklei Leite.

Em primeira discussão, foram acatadas as seguintes matérias: PL 111/2020, da vereadora Ana Paula (PL), que institui o Prêmio Empreendedorismo Feminino, PL 90/2021, da vereadora Brisa Bracchi (PT), sobre a inclusão no calendário oficial do município de Natal o “Julho das Pretas”, e o PL 317/2021, do vereador Hermes Câmara (PTB), que cria o Programa Comunidade Participativa. 

Frentes Parlamentares
Os parlamentares também aprovaram, em discussão única, o Projeto de Resolução n° 09/2021 encaminhado pela vereadora Divaneide Basílio (PT) que cria a Frente Parlamentar de Promoção e Defesa das Comunidades Tradicionais e Povos de Terreiro. Na sequência, dois requerimentos do vereador Pedro Gorki (PCdoB) reinstalaram as Frentes Parlamentares da Juventude e em Defesa da Gestão Pública.

Fotos: Elpídio Júnior

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fuzileiro Naval é encontrado morto dentro do quartel

Faleceu Jonaldo Batista, ex-árbitro de futebol do RN

Soldado Fuzileiro Naval está desaparecido há três dias