Sem coligações, Caramuru Paiva e Lawrence Amorim seriam deputados federais

Se a nova regra que proíbe coligação estivesse em prática nas eleições de 2018, para a câmara dos deputados, teríamos grandes novidades.

O PT elegeria três deputados federais. Natália, Mineiro e Caramuru Paiva.

Caramuru Paiva obteve 23.813 votos em 2018 para a Câmara Federal

Outra grande novidade seria a eleição de um candidato do Solidariedade, no caso, seria o ex-prefeito de Almino Afonso, Lawrence Amorim.

Lawrence foi duas vezes prefeito de Almino Afonso e esse ano, transferiu o domicílio eleitoral para Mossoró

Lawrence ficou em segundo na chapa do General Girão, obteve mais de 24 mil votos.

Walter, Benes, Girão e João Maia continuariam eleitos, ficariam de fora os filhos de Robinson Faria, Betinho Rosado e Ricardo Motta, Fábio Faria (PSD), Beto Rosado (PP) e Rafael Motta (PSB), respectivamente. 

O Solidariedade foi o 3º partido mais votado. A nova regra, sem coligações nas eleições proporcionais, evita essas injustiças.

PT - Natália, Mineiro e Caramuru Paiva 
PTC/Republicanos - Benes Leocádio
Solidariedade - Lawrence Amorim
MDB - Waltinho
PR/PL - João Maia
PSL - General Girão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEMSUR. Feiras livres voltarão a funcionar nesse final de semana

Vereador de Extremoz chama diretora de escola para "trocar balas".

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas