Blog do Cyrillo

Hospital Maternidade Araken Pinto registra primeiros nascimentos



O mais novo equipamento público da rede pública municipal de saúde de Natal entrou em funcionamento. O Hospital Maternidade Araken Irerê Pinto registrou os primeiros nascimentos nesta segunda-feira (18). A pequena Ana Júlia veio ao mundo às 12h35, de parto natural, para a alegria e emoção dos pais Alcione e Lindberg Lopes. A criança estreou os serviços de parto do moderno e estruturado prédio entregue na sexta-feira passada (15) pelo prefeito Álvaro Dias, marcando a ampliação da assistência materno-infantil na cidade. O local está em plena atividade e conta com 63 leitos, UTI com nove leitos, três salas de cirurgia e referência na assistência humanizada ao parto.

“Saudamos com muita alegria o nascimento de Ana Júlia. Esse é um momento especial para a nossa gestão. Ela e seus pais tiveram à disposição um serviço de excelência do momento em que deram entrada no Hospital Maternidade até a receberem nos braços. Quando transferimos os serviços para este prédio, o objetivo era melhorar o atendimento, prestar uma assistência diferenciada e de alto nível tanto para as mães quanto para os bebês. Temos uma equipe de profissionais atuando de forma multidisciplinar e muito competente”, destaca o prefeito Álvaro Dias.

Se Ana Júlia foi a primeira criança a nascer, a bebê Emma, que veio à luz ainda nas antigas instalações da maternidade, foi transferida para o novo prédio.  A mãe Luciana e o pai Ricardo Câmara não esconderam a satisfação com o atendimento recebido. “Fomos muito bem acolhidos e recebidos. Não nos faltou nada e todos fizeram questão de tornar este momento especial”, disse o pai. Já a mamãe, não queria desgrudar da filha e estava se adaptando à nova realidade. "Aqui Emma só mama e dorme. Estou muito feliz”, contou a mãe. No quarto ao lado, Regina Barbosa de Souza, mãe de Dafne Vitória, necessitou ficar mais tempo hospitalizada por conta de uma cesárea de emergência. Ela contou que não vê a hora de receber alta. “Felizmente, já estou melhor”, contou. 

A movimentação no primeiro dia de funcionamento estava concentrada na área ambulatorial, localizada no andar térreo. Lá, foram instalados oito leitos de pronto atendimento obstétrico e dois consultórios, uma sala de pré-parto e parto, um leito de estabilização e salas para ultra sonografia e cardiotocografia. Rafaela Aline Silva foi assistida no local ao sentir um desconforto e dores abdominais. Grávida de sete meses, está ansiosa pela chegada de Ana Cecília. “Felizmente está tudo bem com meu bebê e posso ir para casa tranquila”, pontuou, aliviada. 

O Hospital Maternidade Araken Irerê Pinto conta com 25 leitos de enfermaria pós-parto para tratamento clínico da gestante e quatro leitos de clínica cirúrgica no primeiro andar, além de 16 leitos de enfermaria pré e pós-parto, cinco suítes pré-parto (humanizado), cinco salas pré e pós-parto, quatro leitos de recuperação pós anestésica e três salas de cirurgia no segundo andar. No quadro de funcionários, são 600 profissionais envolvidos diariamente na unidade. Os bebês recebem alta após 48 horas do parto e saem com a vacina exclusiva com os imunobiológicos da primeira infância, como a BCG (tuberculose) e Hepatite B.

Com a reorganização dos serviços, o atendimento ficará concentrado nas novas instalações do HMAIP, na Rua Joaquim Manoel, em Petrópolis. “Tivemos um dia movimentado, mas já estamos em pleno funcionamento”, informou a diretora Administrativa Aloma Fonseca. Para quem for ao antigo endereço, ela disse que uma equipe está no local para passar as devidas informações. Segundo a gestora, os serviços ofertados pelo Hospital Maternidade terão demanda aberta para todas as gestantes em trabalho de parto ou com alguma emergência. “Apesar do pré-natal ser feito nas Unidades Básicas de Saúde, aqui temos médicos para o atendimento ambulatorial na hora em que a gestante sentir algum risco”. 

O secretário municipal de saúde, George Antunes, destaca ainda o reforço que a Prefeitura de Natal está realizando no atendimento pediátrico na rede pública municipal de Saúde. O Hospital Municipal Dr. Nivaldo Sereno Júnior, localizado na Rua Jaguarari, funciona com 35 leitos, sendo cinco deles exclusivos em saúde mental infanto-juvenil. Já para atendimento urgência e emergência, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) conta com seis locais para atendimento de urgência e emergência infantil nas quatro Unidades de Prontoatendimento (Pajuçara, Cidade da Esperança, Potengi e Satélite); Hospital dos Pescadores e a Unidade Mista de Mãe Luiza. Todos os locais dispõem de atendimento pediátrico 24 horas por dia.


Cyrillo

Blogueiro político em busca de divulgar as verdades escondidas nos atos dos atores políticos.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem