NOTÍCIAS

Randolfe quer abertura de uma nova CPI da Covid no Senado

 

Foto: Sergio Lima/Poder 360

Menos de três meses após a conclusão dos trabalhos da CPI da Covid no Senado Federal, o Brasil pode voltar a acompanhar uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a pandemia. O senador Randolfe Rodrigues (Sustentabilidade-AP) anunciou pelo Twitter que protocolou um requerimento pedindo a instalação de uma nova investigação.

Agora, segundo o parlamentar, a comissão investigaria as ações e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia de covid-19 a partir de novembro de 2021. Entre os pontos levantados por ele estão o atraso e a insuficiência na vacinação infantil, a insuficiência de provisão de doses de reforço em 2022 e os ataques do presidente Jair Bolsonaro (PL) aos técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que aprovaram a vacinação infantil.

O parlamentar ainda citou a insuficiência da política de testagem do governo federal e o apagão de dados do Ministério da Saúde, que desde dezembro está com dificuldades de monitorar a evolução da pandemia no Brasil.

O senador atuou como vice-presidente da CPI da Covid, que terminou em outubro do ano passado, com a aprovação do relatório que pediu o indiciamento de 78 pessoas e 2 empresas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Para a abertura da comissão no Senado são necessárias assinaturas de 27 dos 81 parlamentares da Casa. Vale lembrar que em 2021, mesmo após o número necessário de assinaturas ser colhidas, a CPI da Covid só foi aberta pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), após uma ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso.

Em quase seis meses de trabalho, a CPI da Covid colheu mais de 50 depoimentos, quebrou 251 sigilos, analisou 9,4 terabytes de documentos e fez mais de 60 reuniões.

Com informações de Correio Braziliense e Poder 360

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem