NOTÍCIAS

Vereador Gideon oficializa pré-candidatura a federal e o prefeito Allyson rompe



O vereador Gideon Ismaias (Cidadania) é mais um que foi abandonado pelo prefeito Allyson Bezerra (SD). Pesou para a decisão o anúncio da Pré candidatura de Gideon a Deputado Federal


“Desde o começo do ano eu tenho dedicado 100% do nosso mandato a contribuir com uma Mossoró melhor. A gente tinha tido a percepção de que os projetos do prefeito eram bons, mas houve um desvirtuamento do discurso ao longo desse ano não só comigo, mas com outros colegas da base”, justificou Gideon em conversa com o Blog do Barreto.

O vereador disse que ficou surpreso, o prefeito entro em contato e comunicou que não tinha mais interesse em sua parceria administrativa.

Gideon agora terá postura de independência. “Chegando ao final do ano houve essa notícia e nosso posicionamento será independente e com responsabilidade”, avisou.

A gota d´água, segundo o parlamentar, foi os planos de ser candidato a deputado federal em 2022. “Desde 2010 eu votava em deputados de fora para ter um termômetro da minha base. Em 2018 eu votei em Gustavo Carvalho e Benes Leocádio. Como Benes vai ao Governo nós fortalecendo esse projeto de deputado federal e o prefeito não aceita que ninguém da base não esteja no projeto dele tive que sair”, declarou. Gideon disse ainda que vai fazer dobradinhas regionais com candidatos a deputado estadual, entre eles o vice-prefeito Fernandinho (Republicanos).

Gideon se disse surpreso com a postura do prefeito em não permitir candidaturas na base até pelo histórico que o levou a Assembleia Legislativa em 2018. “Nós temos o projeto do prefeito como exemplo”, lembrou.

Para o vereador seria melhor Allyson deixar os aliados se candidatarem se assim o quiserem podendo eleger mais aliados na disputa proporcional. “Com essa linha de pensamento o prefeito perde uma oportunidade ímpar”, argumentou.

Por fim, Gideon ainda aguarda um posicionamento do Cidadania para saber se vai ficar ou se muda de partido.

Esse ano a base do prefeito já perdeu apoios de Zé Peixeiro (PP) e Didi de Arnor (Republicanos) e está em crise com outros aliados na Câmara Municipal de Mossoró.

Agora a oposição/independentes conta com sete vereadores e a base governista com 16.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem