NOTÍCIAS

SINMED-RN defende testagem em massa para a população

As ações de testagem e massa vem se tornando essencial para conter o avanço da pandemia do novo coronavirus até que a situação normalize. Manter o comércio funcionando é essencial para movimentar a economia e assim, evitar o desemprego.

Geraldo Ferreira recebeu os representantes do Cube Scan, aparelho de testagem que oferece o resultado em 10 segundos.


Atualmente, uma das maiores dificuldades da testagem em massa é o alto custo do teste na rede particular. Já no serviço público, o que dificulta é a demora do resultado, o que pode sair em até dois dias.

“Defendemos a testagem em massa e o isolamento imediato de pessoas que testarem positivo. É uma forma pratica de mapear pessoas que estejam infectadas e assim, evitar a disseminação do vírus”, apontou o Presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed RN), Geraldo Ferreira.

Visando alternativas práticas e com baixo custo para a testagem em massa, Geraldo Ferreira recebeu nesta quinta-feira (6) representantes do laboratório RadioLife, emrpesa que desenvolveu o aparelho CubeScan, criado para testagens e diagnóstico da COVID-19, o CubeScan que realiza análise e diagnóstico “in vitro” de forma rápida e precisa, sem a necessidade de reagentes, utilizando amostras swab de saliva “in natura”.

Saiba mais sobre o Cube Scan: https://radiolife.co/conheca-o-cubescan/


O método vem sendo aplicado e observado em vários países do mundo e segue os protocolos de indicações da OMS. No Brasil, os testes estão sendo realizados no Espirito Santo e apontam eficácia nos resultados. “O CubeScan propõe uma alternativa rápida e de baixo custo que permitirá centenas de diagnósticos todos os dias, a partir de um teste não intrusivo de swab de saliva em apenas 10 segundos” relatou Andreia Souza, representante do laboratório.

O aparelho aguarda a aprovação da Anvisa para começar a ser utilizado. A previsão é que até Junho já se tenham essas autorizações. “Sendo aprovado pela Anvisa, o aparelho pode ser uma das alternativas para iniciarmos a testagem em massa na população. Entendemos que essa testagem é essencial para fazermos as coisas funcionarem de forma mais segura para todos”, acrescentou Geraldo Ferreira.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem