Vereador em Natal. O Cidadania perde Júnior Dantas

A chapa tão promissora, para vereador em Natal, composta com nomes como Léo Souza e Júnior Groovador, perde o empresário Júnior Dantas.

Júnior anunciou nos grupos de WhatsApp que, por motivo profissional, não vai para a disputa em 15 de novembro.

Dantas, empresário do ramo da coleta de lixo, disse ao blog que está vivendo um ótimo momento profissional e que não estava encontrando tempo para dedicar-se a campanha.

"Tenho muitos amigos candidatos no interior que preciso estar perto, tanto no RN como na Paraíba, por isso não conseguiria fazer campanha em Natal", justificou Júnior Dantas.

 Júnior Dantas, ao centro, avisou que em 2022 estará mais preparado. 
Comunicado da desistência nas redes sociais do empresário.

Em tempo: O Cidadania perde um candidato de pelo menos 1,5 mil votos.

Em tempo 2: Alguns militares foram acionados para compor a chapa do antigo PPS, mas falta Wober apresentar as armas da campanha para eles.

Em tempo 3: Léo "Huck" Souza e Groovador, caso "explodam" as urnas com uma votação surpreendente, o partido comandado em Natal pelo carismático advogado, amigo do blog, Caio Medeiros, elegerá os dois.

Em tempo 4: Com 10 mil votos, uma chapa poderá eleger o primeiro vereador. Para duas cadeiras, segundo os prognósticos dos especialistas, serão necessários entre 23 e 25 mil votos. 

Em tempo 5: Os analistas acham que o ex-apresentador Léo Souza terá entre 5 e 8 mil votos, assim sendo, o Cidadania terá sua cadeira de volta. De 1982 à 2012, o partido tinha o seu representante no Palácio Padre Miguelinho.

Em tempo 6: Wober foi vereador de 1982 a 1994; depois veio Emilson Medeiros e na sequência, o delegado Heráclito Noé, pai do 1º suplente dessa legislatura, Victor Noé.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEMSUR. Feiras livres voltarão a funcionar nesse final de semana

Vereador de Extremoz chama diretora de escola para "trocar balas".

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas