Hoje é dia do Engenheiro de Aquicultura. Você sabe o que eles fazem?

Engenharia de Aquicultura: saiba tudo sobre o curso e mercado

Aquicultura (ou Aquacultura) é a ciência que estuda a criação e o cultivo de organismos aquáticos, como peixes, crustáceos, moluscos, anfíbios, répteis, algas e plantas de água doce ou salgada. É uma subárea das Ciências Agrárias, ramo que busca o aprimoramento técnico e produtivo no manejo de recursos naturais.



O engenheiro de Aquicultura é o profissional que projeta, executa e supervisiona a criação de animais e outros organismos aquáticos. Ele pode atuar, também, nas demais etapas que compõem a cadeia de produção de alimentos e outros produtos derivados desses espécimes.

Mercado de trabalho para o engenheiro de Aquicultura
Como o Brasil é um dos maiores produtores mundiais de pescado em cativeiro, existe grande demanda por profissionais especializados na área.

Regiões costeiras, especialmente no Nordeste e no Sul do país, são as que mais demandam o trabalho desses engenheiros. Por outro lado, o número de criações em tanques no interior do Brasil tem crescido, necessitando a atuação de profissionais da área.

É comum encontrar engenheiros de Aquicultura trabalhando, principalmente, em atividades de produção, captura e industrialização de peixes, algas e moluscos.

Veja, a seguir, os principais tipos de organizações que contratam engenheiros em Aquicultura:
Empresas especializadas na criação de peixes (piscicultura), ostras (ostreicultura), rãs (ranicultura), mexilhões (mitilicultura), camarões (carcinicultura) ou de animais aquáticos ornamentais; empresas de melhoramento genético; construtoras, em setores ligados à conservação e impacto ambiental; órgãos públicos e universidades e institutos de pesquisa científica.

Salário do engenheiro de Aquicultura
O salário médio dos engenheiros de Aquicultura no Brasil é de R$ 4.700, segundo dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do governo federal.
Profissionais de nível sênior (mais de 6 anos de experiência) em grandes e médias empresas são os mais bem remunerados, com salários normalmente acima de R$ 10.000.

Como é o curso de Engenharia de Aquicultura na UFRN
Dados do Curso: Curso: Engenharia de Aquicultura – formação (presencial)
Centro: Biociências – CB (Natal) - Duração média: 5 anos - Turnos: manhã e tarde
Perfil do Profissional: O Engenheiro de Aqüicultura está apto a projetar, gerir, transmitir, assessorar e orientar o produtor e/ou empreendedor disposto a dedicar-se a atividade de cultivo de organismos aquáticos seja para fins econômicos, de nutrição, estética, saúde, paisagística /decoração, lazer, entre outras, com vistas a manutenção e/ou melhoria da qualidade ambiental e ao desenvolvimento sustentável (econômico e ambiental);

Campo de Trabalho: − Organizações públicas, privadas e não governamentais, atuando no cultivo de organismos aquáticos; − Empresas do setor de aquicultura, atuando como consultor; − Instituições da área biomarítima e de cultivo animal, realizando pesquisas. Website do curso: http://www.prograd.ufrn.br/.

Imagens do profissional e do ambiente de trabalho.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sargento da Marinha morre afogado em praia de Maceió

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas

Faleceu Jonaldo Batista, ex-árbitro de futebol do RN