Estudantes "internos" de medicina cobram vacinação prioritária

Centenas de estudantes de medicina, de várias instituições de ensino, que estão no último período do curso, cobram vacinação.

Os "internos", como são chamados, estagiam diariamente nos hospitais das grandes cidades do estado. Ocorre quê, como estão na linha de frente no atendimento aos pacientes com COVID-19, deveriam ser considerados prioritário na ordem de vacinação.

Fui procurado por um grande grupo de estudantes de uma universidade da capital potiguar e todos reclamam a prioridade na vacinação.

Vacinar quem tá na linha de frente é sensato e um ato de reconhecimento aos estudantes.
PE, AC, ES e SC já estão vacinando. 


Algumas cidades do país já vacinaram alunos de área de saúde. Joboatão dos Guararapes na grande Recife, Brusque em Santa Catarina, Rio Branco, no Acre são umas delas.

A polêmica, como tudo nessa pandemia, é certa. Mas, dentro de um pensamento lógico, quem trabalha diretamente em unidades de saúde, em contato direto com pacientes vítimas do vírus, claro que deve ser imunizado. 

No estado do Espírito Santo, a secretaria estadual de saúde publicou uma resolução que autoriza a vacinação de alunos da área de saúde, de nível superior ou técnico que estejam atuando em hospitais ou qualquer unidade de saúde do estado. 

Leia um trecho da resolução: "A vacinação de estudantes, porém, não é ilegal, desde que façam estágio hospitalar. De acordo com a resolução CIB 013/2021 da Secretaria de Estado da Saúde, publicada no Diário Oficial de quarta-feira (10) com base no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid-19, “a vacina também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios”.

Fonte: Tribuna Online. https://tribunaonline.com.br/estudantes-da-area-de-saude-ja-podem-ser-vacinados-contra-covid

Fica a dica para as secretarias municipal e estadual de saúde. Corrijam essa lacuna. Eles estão expostos, têm familiares com comorbidades e em idade avançada. Estão arriscando a vida de seus entes em prol de uma causa mais que nobre.

Em tempo: Instituições de ensino e seus centros acadêmicos, devem pleitear seu direito. Acho que devemos ter hoje, em torno de 3 mil estudantes da área de saúde, em estágio de fim de curso, atuando nas unidades de saúde pelo estado a dentro.

Em tempo 2: O blog agradece a confiança dos "internos" e torce para que o bom senso do governo do estado apareça. 

Em tempo 3: Não sei se quem demorou foi o governo ou os estudantes.

Em tempo 4: Saúde e longa vida aos nobres futuros médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, laboratório e de imagens.

Em tempo 5: Corram!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sargento da Marinha morre afogado em praia de Maceió

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas

É hoje. Prefeito de Ceará Mirim vai à Barra de Maxaranguape bater na cara do prefeito Luiz Eduardo