PSOL. Coletiva do Sol concorre à prefeitura de Natal

Chapa coletiva aprovada pelo PSOL para a prefeitura será apresentada à população em live nesta quarta (16)

O diretório municipal do PSOL aprovou em convenção realizada no sábado (12/9) o lançamento da Coletiva do SOL para disputar a Prefeitura de Natal nas eleições de 15 de novembro. A Coletiva do SOL é a primeira candidatura coletiva a disputar o governo da capital potiguar, composta pelos militantes Nevinha Valentim, Danniel Morais, Liliana Lincka e Sol Victor. Nesta quarta (16/9), às 19 horas, o partido promove uma live de apresentação dos cocandidatos nas redes sociais. 

Outra ação inédita do PSOL foi a realização da convenção por videoconferência. Devido aos cuidados necessários com a pandemia de COVID-19, o partido optou por esse formato, em respeito à vida das pré-candidatas, pré-candidatos, militantes e apoiadores, para evitar aglomerações e risco de contágio. Como um partido socialista de bases populares, o PSOL abriu sua sede aos pré-candidatos com dificuldades de acesso à internet para viabilizar sua participação, observando todas as medidas de higiene e prevenção.

Após a apresentação das 34 pré-candidaturas do partido à Câmara Municipal, sendo quatro delas também no formato de bancada coletiva, os militantes e as militantes foram apresentados à Coletiva do SOL e puderam conhecer o que pensam os candidatos à prefeitura de Natal e que propostas a Coletiva pretende apresentar à nossa cidade.

Para o cocandidato Danniel Morais, a Coletiva do SOL é “um marco na história da política da cidade de Natal e, quiçá, do Brasil”. “O PSOL, mais uma vez, inova e traz consigo a marca do debate, da pluralidade e do empoderamento do povo. É isso que nós buscamos com essa candidatura coletiva: para além da inovação, um compromisso e uma missão de mostrar ao povo que nós podemos sim fazer algo diferente, podemos sim mudar a forma de fazer política e é assim que nós buscaremos apresentar nossa candidatura a Natal”, defendeu.

Em seguida, a cocandidata Liliana Lincka se apresentou à militância. “Esse desafio de trabalhar nessa candidatura, surge desse momento difícil que a gente está passando. Foi esse desafio de mostrar que é possível uma nova política que me motivou a aceitar esse convite, junto com Nevinha, Danniel e Sol”, afirmou. Liliana aproveitou para falar sobre alguns dos eixos que nortearão a campanha. “Nós queremos uma cidade boa. Uma cidade com qualidade de vida, que tenha saneamento ambiental, arborizada. Queremos uma cidade boa para mulheres, que tenha creches em tempo integral, escolas de ensino fundamental também integrais, postos de saúde que funcionem efetivamente, onde as mães possam levar seus filhos, ser atendidas com rapidez e voltar ao seu trabalho. Essa é a cidade que acreditamos ser possível”, finalizou.

A cocandidata Sol Victor ressaltou a inovação da Coletiva do SOL e falou sobre um desafio fundamental para a cidade: o emprego. “Tenho muita empolgação em participar dessa chapa. Para mim foi uma grande surpresa essa iniciativa do partido, uma ideia muito bonita, muito inteligente. Com a pandemia, as pessoas com trabalhos informais foram as mais atingidas. E devido à falta de políticas em nosso município, estas pessoas estão prejudicadas e sem incentivo algum do poder público em vários aspectos. Precisamos desenvolver políticas públicas para essas pessoas”, explicou.   

Por fim, a cocandidata Nevinha Valentim, que será o nome nas urnas representando a Coletiva do SOL, falou aos filiados e filiadas do partido. “Gostaria nesse momento de demonstrar a minha gratidão pelo acolhimento recebido quando procuramos o PSOL, pela sensibilidade demonstrada pelo partido em defender essa candidatura coletiva majoritária, uma coisa extremamente desafiadora”, ressaltou. Militante social com vasta experiência, Nevinha justificou sua escolha pelo PSOL como opção partidária. “Quando nos decidimos pelo PSOL, foi por afinidade política e de pautas. Sentimos que nossas pautas fazem parte do programa do PSOL, o que nos deixou à vontade para conversarmos sobre uma candidatura”, disse.

Nevinha Valentim, Danniel Morais, Liliana Lincka e Sol Victor se apresentam nessa quarta, 16/09, às 19hs, nas redes sociais da Coletiva do Sol.

Nevinha colocou o desafio de tocar à frente uma campanha em plena pandemia. “Nossa campanha precisará ser majoritariamente virtual, até para marcar um posicionamento frente aos que afirmam de que o vírus está sob controle, quando sabemos que não está. Imagine, por exemplo, que o ‘santinho de papel’ é um vetor em potencial de contaminação para a população. E precisamos alertar que nos encontramos nessa situação por total irresponsabilidade do governo federal em lidar com essa pandemia”, advertiu.

“Essa campanha terá um caráter pedagógico. Nós não podemos resolver todos os problemas do mundo. Mas podemos abrir um espaço para conversar sobre um outro mundo possível. Podemos fazer com que essa campanha coloque um tijolinho na construção de uma sociedade diferente da que temos aí. É preciso começar a falar sobre isso, a falar que esse sistema de desenvolvimento em que estamos imersos só gera exclusão. E é preciso que a gente traduza o que é isso. As pessoas falam, por exemplo, em desigualdade social, mas ninguém desce aos detalhes e não sabem o quanto um governo municipal pode fazer a diferença nessa questão. A cidade é o lugar do encontro. É na cidade que a gente vive, que a gente se encontra. Por exemplo, temos o corpo de servidores do município, com suas competências e com a qualidade de seus técnicos, e é preciso agregar a isso o saber das cidadãs e dos cidadãos e dos inúmeros agentes sociais. O papel da política diante dos problemas que a cidade enfrenta é de mediação para estimular essa cooperação”, concluiu.

- Redes Sociais da Coletiva do SOL:

☑ twitter.com/coletivadoSOL

☑ www.facebook.com/ColetivadoSOL

☑ www.instagram.com/coletivadosol

Conheça um pouco sobre cada um dos cocandidatos à prefeitura de Natal:

Nevinha Valentim é historiadora e bancária aposentada. Fez parte da diretoria do Sindicato dos Bancários e atualmente é militante pelo direito à cidade. Faz parte do Conselho da Cidade de Natal, representado os bairros Ponta Negra, Capim Macio, Pitimbu e Neópolis; do Conselho Municipal de Saneamento Básico (Comsab), como representante da Associação dos Usuários dos Serviços de Saneamento Ambiental (Assussa); e do Conselho Estadual de DH e Cidadania (Coedhuc), representando a ONG Mutirão. Sua atuação comunitária no bairro de Ponta Negra inclui a participação no Coletivo Dez Mulheres e no Fórum Vila em Movimento. Além disso, Nevinha atua como articuladora na Conexão Natal de Direitos, movimento da sociedade civil que surgiu do Comitê Popular Natal Copa 2014, e do Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental-Núcleo RN.

Danniel Morais é administrador hoteleiro e estudante de Direito na UERN. Foi presidente do Diretório Municipal do PSOL e atualmente ocupa a presidência do Diretório Estadual do partido. 

Liliana Lincka é graduada em Filosofia e Letras Português pela UFRN e mestre em Filosofia pela UFPB. É servidora aposentada do Ibama, onde atuou na educação ambiental na perspectiva da gestão ambiental. Também lecionou as disciplinas de Gestão Ambiental e Filosofia para os cursos de Turismo e Administração em instituições de ensino superior. Fundadora do PSOL no RN, foi candidata a deputada federal em 2016.

Sol Victor é formada em Ciências Sociais e mestranda em Ciências Políticas pela UFRN. Natalense, passou a infância em Carnaubais e mora na Zona Norte da capital há 23 anos. Filiou-se ao PSOL em 2015, participando dos pleitos eleitorais de 2016, como candidata a vereadora em Natal, e de 2018, como candidata a deputada estadual. 

___________________

Para mais informações:

Alex de Souza - Jornalista - (84) 99858-4652



Mariana Jardim - Jornalista


(84) 98602-4219


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEMSUR. Feiras livres voltarão a funcionar nesse final de semana

Vereador de Extremoz chama diretora de escola para "trocar balas".

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas