99 anos. Aluizio Alves e minha mãe

Reconhecidamente a mais apaixonada "bacurau" do mundo, Maria Antonia Fernandes de Souza, ou simplesmente Tânia Bacurau, passou essa terça-feira com muitas saudades do seu eterno "Ministro" Aluizio.

Quando soube que hoje, se vivo fosse, estaria completando 99 anos, de pronto telefonei para ela e pedi uma foto dos dois.

Ela relutou, peguntou para quê, disse que estavam bem guardadas - as centenas de fotos que ela guarda - e finalmente mandou essa aqui. 

Quadro de Aluizio na Tribuna do Norte. Essa é um das centenas de fotos que mamãe guarda com muito cuidado.

Cresci acompanhando-a nas históricas passeatas de 1982. Aos 11 anos, fui de Natal para São Gonçalo e Macaíba ao som da "lambadinha" e dos jingles na voz de Luiza de Paula. 

Ouvir Souza Silva apresentar os candidatos no palanque foi algo que marcou minha vida. Naquele dia eu decidi que seria comunicador.

Aluizio é padrinho de batismo da minha irmã e Garibaldi de casamento, Henrique Alves é o meu padrinho, convivíamos com eles a cada aniversário da minha vózinha querida, Garibaldi, pra variar, era o mais presente. 

Sou sobrinho de Samuel Fernandes, o primeiro apresentador de um telejornal no RN, na TV Universitário ou Canal 5, como chamávamos o primeiro canal de televisão do nosso estado.

"Samuca" foi cerimonialista - locutor oficial - dos governadores:  Tarcísio Maia, Lavoisier Maia, Zé Agripino Maia e Geraldo Melo. Convivia no Palácio do Governo como se fosse a minha segunda casa.

Estudava no Colégio São Luiz, no Centro, e depois da aula, corria para o Palácio Potengi, hoje a Pinacoteca ou Palácio da Cultura.

Nessa saudosa data, a homenagem do blog do filho da Bacurau mais famosa, ao maior líder político da história do nosso estado.

Mamãe, respeitamos sempre e respeitaremos o seu puro sentimento por Aluizio, o Cigano Feiticeiro.

Em tempo: Nos 100 anos dele, daqui a 365 dias, vou presentear os potiguares com as memórias de Tânia, contando boas histórias do convívio dela com AA. 

Em tempo 2: Viva AA! Viva os Alves que tanto contribuíram com o crescimento do nosso RN.

Em tempo 3: Que a nova geração dos "Alves" respeite a memória de Aluizio e pratiquem a "boa política".

Ouçam essas canções que lembram as campanhas históricas de Aluizio. 1960 e 1982.

https://www.youtube.com/watch?v=YBFYrOYKYXI

Lambada de Aluizio em 1982.

https://www.youtube.com/watch?v=jRwOVDp5Z74

"O Trem da Esperança", na voz de Luiza de Paula.

https://www.youtube.com/watch?v=wlkAGP6nyWs

Homenagem da TV Universitária à Samuel Fernandes.

Comentários

Unknown disse…
Quem é mito é mito. E mãe é mãe. Rsrs
Parabéns Cyrillo Fernandes por postar algo tão bom e apaixonante que é a história de uma pessoa comum como nós que faz parte do nosso cotidiano.

Postagens mais visitadas deste blog

SEMSUR. Feiras livres voltarão a funcionar nesse final de semana

Vereador de Extremoz chama diretora de escola para "trocar balas".

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas