Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprova a prisão em 2ª instância por 22 votos a 1

No final da manhã de hoje, a CCJ do senado aprovou o projeto de lei que altera o Código de Processo Penal (CCP) que permitirá a prisão em segunda instância. Por 22 votos a 1. Adivinha quem votou contra? Há, danado (a) acertou! Foi o senador Rogério Carvalho do PT de Sergipe. Isso mesmo: do Partido dos Trabalhadores.

O projeto ainda vai passar por um turno suplementar na próxima sessão deliberativa do colegiado, amanhã no primeiro expediente. Não havendo apresentação de novas emendas, o texto não precisará passar por nova votação na CCJ.

O senador Rogério Carvalho foi condenado recentemente por improbidade administrativa e terá devolver mais de meio milhão de reais aos cofres públicos. O fato se deu em 2007 quando o político era secretário estadual de saúde do estado.

Leia matéria na íntegra no link abaixo:
Imagem/Facebook
Senador do PT condenado por improbidade é o único da CCJ do senado a votar contra a prisão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEMSUR. Feiras livres voltarão a funcionar nesse final de semana

Vereador de Extremoz chama diretora de escola para "trocar balas".

Fuzileiros Navais de Luto. Faleceu o Sargento Flávio Freitas